Noruega pode dar uma montanha à Finlândia como presente pelos 100 anos da independência

Nos siga noTelegram
A Noruega confirmou que pretende alterar suas fronteiras para dar à Finlândia o pico do Monte Halti por ocasião do aniversário de 100 anos da independência de sua vizinha nórdica em 2017, segundo relatou o jornal The Guardian.

O governo norueguês confirmou esta semana a intenção de presentear a Finlândia no centenário de sua independência, dando ao país um pico de montanha que se tornaria o ponto mais alto da nação, caso a proposta se consuma.

"Existem algumas dificuldades formais e eu ainda não tomei minha decisão final", disse a primeira-ministra norueguesa, Erna Solberg, em entrevista à emissora nacional NRK. "Mas nós estamos analisando".

A 1.324 metros acima do nível do mar, o ponto mais alto da Finlândia encontra-se atualmente em um esporão de montanha conhecido como Hálditšohkka, parte de uma cordilheira muito maior conhecida como Halti.

​O cume do Halti, a 1.365 metros de altura, fica a um quilômetro de distância da fronteira finlandesa, na Noruega. Porém, se o limite entre os dois países for transferido para apenas 40 metros mais acima da montanha, a medida colocaria o cume de 1.331 metros do Hálditšohkka dentro da Finlândia – tornando o ponto mais alto do país sete metros mais alto.

​O autor da ideia é um geofísico aposentado de nome Bjørn Geirr Harsson, 76 anos, que descobriu no ano passado que a Finlândia iria comemorar o 100º aniversário de sua independência da Rússia em 6 de dezembro de 2017.

Harsson escreveu à chancelaria norueguesa em julho de 2015, salientando que o gesto custaria à Noruega "quase imperceptíveis" 0.015 quilômetros quadrados de seu território nacional, e deixaria a Finlândia “muito feliz”.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала