06:18 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Bushehr

    Rússia continuará a ajudar o Irã a desenvolver seu programa nuclear

    © AFP 2017/ MEHR NEWS/MAJID ASGARIPOUR
    Mundo
    URL curta
    3692101

    Moscou pretende continuar a ajudar o Irão na realização de seu programa nuclear civil. As partes chegaram a acordo sobre a construção de oito blocos nucleares no Irã, afirmou nesta sexta (5) o presidente russo, Vladimir Putin.

    "Foram acordados os planos de construção no Irã de mais oito blocos da usina nuclear por especialistas russos. Vamos continuar a apoiar os parceiros iranianos na realização do plano de ação do programa nuclear, incluindo o processamento de urânio enriquecido e a conversão de capacidades para poder produzir isótopos estáveis", disse Putin em uma entrevista à agência de notícias do Azerbaijão AzerTag, na véspera da sua visita a Baku.

    O líder russo expressou confiança de que a redução das tensões em torno do Irã, depois do acordo abrangente sobre o programa nuclear do país, beneficie as relações bilaterais, tendo em conta o caráter estratégico da cooperação russo-iraniana.

    "Isto se refere ao trabalho conjunto na área do desenvolvimento da energia nuclear para fins pacíficos. A primeira usina nuclear do Irã –  Bushehr foi construída na base das tecnologias russas", frisou ele.

    Além disso, Putin disse que a Rússia e o Irã pretendem continuar a intensificar a cooperação económica bilateral.

    "Então, com os esforços conjuntos, conseguimos aumentar o volume de comércio bilateral. Durante os primeiros cinco meses deste ano, os indicadores cresceram em 70 %, para US$ 855 milhões (cerca de R$ 3 bilhões)", concluiu o presidente da Rússia.

    Em janeiro, a União Europeia, a ONU e, parcialmente, os EUA suspenderam suas sanções contra o Irã após a Agência de Energia Atômica verificar o cumprimento por Teerão do acordo nuclear alcançado em julho do ano anterior.

    O acordo, que envolveu a participação da Rússia, China, EUA, Reino Unido, França e Alemanha, garante que o programa nuclear do Irã tem fins pacíficos em troca do fim das sanções que haviam sido impostas contra o país baseadas no medo de que o Irã fosse desenvolver uma arma nuclear.

    Mais:

    Relatório de AIEA prova eficiência de acordo nuclear com Irã
    Estatal russa pretende começar construção de usina nuclear no Irã em 2016
    Obama: acordo nuclear com Irã mostra capacidade da diplomacia americana
    Tags:
    investimentos, energia atômica, economia, cooperação bilateral, programa nuclear iraniano, ONU, Vladimir Putin, Azerbaijão, Baku, Teerã, Irã, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik