11:18 16 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    061
    Nos siga no

    Um grupo militante sírio apoiado pelos EUA deu 48 horas aos jihadistas do Daesh para deixarem a cidade-chave de Manbij, no norte da Síria, informou a mídia americana na quinta-feira (21).

    As assim chamadas Forças Democráticas da Síria disseram em seu comunicado, citado pelo jornal New York Times, que os militantes do Daesh só poderão levar com eles armas ligeiras. 

    O ultimato apareceu dois dias depois de relatos sobre a morte de civis causada por ataques aéreos da coalizão liderada pelos EUA perto de Manbij, controlada pelo Daesh. Na quarta-feira (20) a Coalizão Nacional Síria da Oposição e das Forças Revolucionárias apelou à coalizão anti-Daesh para parar os bombardeamentos no meio dos relatos sobre a morte de “mais de 125 civis”.

    Desde o verão de 2014 uma coalizão de mais de 65 nações ocidentais e árabes sob liderança dos EUA está efetuando ataques aéreos na Síria e no Iraque contra o grupo terrorista Daesh, proibido em muitos países, inclusive na Rússia.

    Tags:
    Síria, Manbij, EUA, Daesh, civis, confronto, vítimas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar