03:27 20 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Soldados das tropas paramilitares indianas patrulham perto de mesquita Jamia Masjid, Srinagar, Jammu e Caxemira, Índia, 12 de julho de 2016

    Mais de 1.300 pessoas feridas em confrontos na Índia

    © AFP 2018 / TAUSEEF MUSTAFA
    Mundo
    URL curta
    0 01

    Pelo menos 31 pessoas morreram e mais de 1.300 sofreram ferimentos em resultado de tumultos no estado de Jammu e Caxemira, informou a publicação Hindustan Times.

    Citando fontes oficiais, a Hindustan Times informou que entre os que morreram há policiais. Segundo o jornal, no total, 1.365 pessoas ficaram feridas em confrontos, 279 delas foram levadas a hospital.

    Ao mesmo tempo, a mídia de Caxemira informou sobre 1.000 feridos, metade dos quais teria sido internada.

    Os protestos iniciaram-se na Caxemira na sexta-feira (8) depois de Burhan Muzaffar Wani, comandante de 21 anos do grupo terrorista indiano Hizbul Mujahideen, ter sido eliminado.

    Jammu e Caxemira é o único estado indiano onde a maioria da população é muçulmana. Na região há diversos grupos separatistas, que aspiram a se juntar ao vizinho Paquistão.

    Na Caxemira não há fronteira oficial entre a Índia e o Paquistão. Os Exércitos dos dois países são separados por uma linha de controle.

    Tags:
    tumultos, mortos, feridos, confrontos, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik