20:16 20 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Briga na Suprema Rada da Ucrânia

    ‘Zumbis ignorantes’ na Ucrânia trocam nomes de cidades

    © Sputnik/ Grigoriy Vasilenko
    Mundo
    URL curta
    61009111

    Hoje (19) a Suprema Rada (parlamento ucraniano) decidiu mudar o nome da cidade de Dnepropetrovsk para Dniepre (Dnipro, em ucraniano). O nome homenageia o rio Dniepre, onde a cidade está situada.

    Hoje (19) a Suprema Rada (parlamento ucraniano) decidiu mudar o nome da cidade de Dnepropetrovsk para Dniepre (Dnipro, em ucraniano). O nome homenageia o rio Dniepre, onde a cidade está situada principal rio da Ucrânia.

    O decreto foi apoiado por 247 deputados com o mínimo necessário de 227 votos. 

    Mais tarde o deputado do Bloco de Oposição Aleksandr Vilkul manifestou que a decisão de renomear a cidade será adiada porque ele entregou ao parlamento um decreto de cancelamento do novo nome. Além disso, ele pretende apelar o resultado da votação no Tribunal Constitucional.

    A cidade, cujo nome anterior é uma homenagem mista ao estadista soviético Grigory Petrovsky e ao rio Dniepre, ficou sujeita à lei de descomunização de acordo com a qual na Ucrânia devem ser renomeados cerca de 900 cidades e povoados. A lista de personalidades históricas cujos nomes devem desaparecer do mapa da Ucrânia inclui 520 nomes. De acordo com os dados da altura dos meados de maio cerca de 700 unidades administrativas.

    Espectadores assistem a reconstrução histórica de liberação da cidade de Simferopol de nazistas, Crimeia, Rússia, maio de 2016
    © Sputnik/ Sergei Malgavko
    Ao mesmo tempo os habitantes de Dnepropetrovsk e as autoridades locais se manifestaram contra a renomeação. Em dezembro de 2015 o Conselho da cidade pediu à Suprema Rada para manter o nome da cidade mas considerar que foi nomeada não após Petrovsky, mas sim após o apostolo Pedro (Pyotr em russo e Petro em ucraniano).

    O nome de Dnepropetrovsk foi atribuído à cidade em 1926. Quando foi fundada foi batizada Ekaterinoslav, em 1796-1802 tinha o nome de Novorossiysk e depois voltou a ser Ekaterinoslav outra vez.

    A representante oficial do Ministério do Exterior da Rússia Maria Zakharova reagiu à decisão da Suprema Rada chamando os deputados ucranianos de “zumbis ignorantes”:

    “Se se lembraram da ‘descomunização’, seria preciso restituir o nome autêntico – Ekaterinoslav. Em caso excepcional – Novorossiysk. Não são deputados, mas sim 247 zumbis ignorantes”, escreveu ela no seu Facebook.

    Tags:
    deputados, cidade, Suprema Rada, Maria Zakharova, Dnepropetrovsk, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik