06:44 04 Março 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1202
    Nos siga no

    Rússia exportou armamentos para 58 países em 2015 e manteve contatos na área de defesa com 101 estados. Segundo informou aos jornalistas o diretor do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar, Aleksandr Fomin, os países do sudeste asiático representaram a metade dos importadores de equipamento militar russo em 2015.

    "Em 2015 e nos últimos anos os países da ASEAN (Associação de Nações do Sudeste Asiático) representaram praticamente a metade dos destinos de exportação dos armamentos russos", disse Fomin aos jornalistas.

    "Segundo os resultados para 2015, mantemos contatos com 101 estados e fornecemos armamentos para 58 países", informou o chefe do serviço russo.

    Entre os maiores importadores de armamentos russos na Ásia, Fomin citou China, Índia, Mianmar, Bangladesh e Sri Lanka.

    Um outro mercado de perspectiva, segundo Fomin, são os países da África. "Europa, por motivos óbvios, morreu. Do ponto de vista do mercado, todavia, ela nunca representou grandes volumes. Em geral, a nossa comunicação era sobre tecnologias", destacou o oficial russo.

    "América Latina também é um mercado de grandes perspectivas. Apesar disso, entendemos que, historicamente, esse mercado não foi nosso, mas dos Estados Unidos. De qualquer modo, grande parte da região é composta por nossos parceiros tradicionais, e uma outra parte se tornou parceira durante a história mais recente", pontuou Fomin.

    "Nos sempre perdemos mercados em função de mudanças políticas e econômicas, mas sempre encontramos novos", explicou o diretor do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar da Rússia.

    Mais:

    Rússia registra níveis recordes de venda de armamentos
    Mídia: armamentos da Rússia parecem ser de ‘ficção científica’
    Equipamento militar do Distrito do Sul da Rússia receberá 70% de armamentos modernos
    Putin: Rússia recebeu 4.000 unidades de armas e material bélico em 2015
    Rússia moderniza armas para superar escudo antimísseis dos EUA na Europa
    Tags:
    exportações, armas, armamentos, Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar da Rússia, Alexander Fomin, Ásia, África, América Latina, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar