14:51 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0111
    Nos siga no

    A marcha comemorativa "Regimento Imortal" está em causa neste país báltico – segundo dados não confirmados, o organizador do evento Dmitry Linter foi detido pela polícia estoniana.

    A detenção foi comunicada na página oficial do Facebook da marcha, pelo irmão de Linter.

    Segundo a mídia estoniana, esta informação não é verídica mas, Dmitry Linter realmente agora está sendo interrogado pela polícia estoniana — embora apenas como testemunha. A embaixada russa na Estônia no momento não pode comentar a situação.

    "Nós não temos qualquer informação oficial sobre a detenção de Linter”, disse em entrevista à Sputnik o embaixador russo na Estónia, Denis Mosyukov.

    Na página oficial da marcha no Facebook as pessoas estão se perguntando se a passeata terá lugar caso Linter não seja liberado. Neste momento não é possível comunicar com os organizadores, o número de telefone indicado na página está desligado.

    Lembramos que esta marcha é  parte da ação internacional "Regimento Imortal" prevista em Tallinn para hoje. O “Regimento Imortal” é uma iniciativa patriótica que visa recordar os soldados mortos na Segunda Guerra Mundial em marchas em cidades de toda Rússia e em outros países, sempre no início de maio. Durante as marchas, pessoas carregam fotos de seus parentes que participaram da guerra.

    Mais:

    ‘Regimento Imortal’ percorre Washington pela primeira vez
    ‘Regimento Imortal’ ganha as ruas de Viena
    Ação 'Regimento Imortal' se realiza pela primeira vez na China
    Tags:
    Estônia, Regimento Imortal, detenção
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar