Regimento Imortal desfila pelo mundo

© Sputnik / Stringer / Abrir o banco de imagensUma menina e mulheres idosas participam da passeata do Regimento Imortal em 9 de maio de 2016 em Moscou
Uma menina e mulheres idosas participam da passeata do Regimento Imortal em 9 de maio de 2016 em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Milhares de pessoas estão participando da passeata do Regimento Imortal, uma ação de solidariedade e homenagem aos combatentes soviéticos da Segunda Guerra Mundial.

A maioria dos habitantes da Rússia possuem um ancestral, como avós ou bisavós, que participaram, de uma maneira ou outra, do maior conflito armado do século XX — a Segunda Guerra Mundial.

Em 2012, a cidade siberiana de Tomsk se tornou o primeiro município russo a organizar uma ação cujos participantes desfilaram pela cidade com fotos e cartazes comemorando a façanha dos seus ancestrais, que combateram o nazismo em 1941-1945 (anos da participação da URSS na Segunda Guerra Mundial). Desde então, a ação ganhou popularidade e se espalhou pelo país.

É organizada no dia 9 de maio de cada ano, no Dia da Vitória.

No ano passado, o evento em Moscou foi marcado pela participação do presidente russo, Vladimir Putin. Ele carregava uma foto do seu pai.

© REUTERS / Host Photo AgencyO presidente russo, Vladimir Putin com um retrato do seu pai, veterano de guerra durante a marcha Regimento Imortal na Praça Vermelha durante as celebrações do Dia da vitória em Moscovo, Rússia, 9 de maio de 2015
O presidente russo, Vladimir Putin com um retrato do seu pai, veterano de guerra durante a marcha Regimento Imortal na Praça Vermelha durante as celebrações do Dia da vitória em Moscovo, Rússia, 9 de maio de 2015 - Sputnik Brasil
O presidente russo, Vladimir Putin com um retrato do seu pai, veterano de guerra durante a marcha Regimento Imortal na Praça Vermelha durante as celebrações do Dia da vitória em Moscovo, Rússia, 9 de maio de 2015

O Regimento Imortal desfila também em outros países. Na autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD, que se distanciou na Ucrânia na sequência do golpe de Estado de 2014), mais de 30 mil pessoas participaram da ação nesta segunda-feira. Houve também adesão em Ancara, na Turquia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала