16:55 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Subúrbio de Damasco de Daraia onde as forças sírias lutam contra terroristas, Síria (foto de arquivo)

    França condena ataque aéreo em subúrbio de Damasco

    © Sputnik/ Mikhail Alaeddin
    Mundo
    URL curta
    151834115

    As autoridades francesas condenam os ataques realizados pela aviação síria contra o subúrbio de Damasco de Deir al-Asafir, disse o representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da França, Romain Nadal.

    O presidente da Síria, Bashar Assad, dá entrevista ao diretor da agência internacional de notícias Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev, 30 de março de 2016
    © Sputnik/ Serviço de imprensa do presidente da Síria Bashar Assad
    Mais cedo, o Departamento de Estado dos EUA informou sobre um ataque contra uma escola na povoação de Deir al-Asafir em 31 de março, em resultado de qual mais de 20 pessoas. Entretanto, o departamento não qual fonte prestou estas informações.

    “A França condena o ataque aéreo que as forças do regime sírio realizaram no subúrbio de Damasco e em resultado de qual ficaram mortas e feridas dezenas de pessoas”, disse Nadal na sua entrevista coletiva na sexta-feira (1).

    A chancelaria francesa considera que é uma evidência de repressões continuadas de parte de autoridades sírias contra o seu povo e o caso de violação do cessar-fogo.

    “A França apela ao regime para parar de imediato todos os ataques contra a população civil e oposição moderada de acordo com o direito humanitário internacional e resoluções do Conselho de Segurança da ONU”, disse.

    No dia 22 de fevereiro, Rússia e Estados Unidos chegaram a um acordo para um cessar-fogo na Síria. O acordo entrou em vigor no dia 27 de fevereiro, mas não se aplica ao Daesh nem à Frente Nusra, grupos terroristas que atuam no país.

    O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou, em 14 de março de 2016, a retirada parcial das forças russas da República Árabe da Síria. A presença militar de Moscou começou em 30 de setembro de 2015, quando o parlamento russo aprovou o envio de um grupo da Força Aeroespacial, após um pedido de Bashar Assad. O governo de Damasco pediu a ajuda russa no combate aos grupos terroristas Daesh e Frente al-Nusra.

    Tags:
    mortos, civis, aviação, ataque, regime, Síria, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik