02:50 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 31
    Nos siga no

    O embaixador da Rússia na Organização para a Segurança e Cooperação da Europa (OSCE), Aleksandr Lukashevich, declarou que a Ucrânia está tentando atribuir o seu despreparo e sua falta de desejo de implementar os acordos de Minsk a fatores externos.

    "A chave para resolver a crise na Ucrânia ainda está nas mãos de Kiev. Infelizmente, o discurso dos colegas ucranianos aponta uma falta de desejo das autoridades de trabalhar na implementação dos acordos de Minsk", disse ele durante uma reunião do Conselho Permanente da OSCE dedicada à situação da Ucrânia. 

    Segundo Lukashevich, todos os esforços de Kiev estão focados nas "tentativas de atribuir a sua falta de vontade ou despreparo para implementar o plano de paz, acima de tudo, o seu papel político, a fatores externos".

    "Mesmo as alterações à Constituição da Ucrânia que foram apresentadas como parte da implementação dos acordos de Minsk não foram passadas", disse o diplomata. 

    Além disso, ele destacou que estas alterações são "produto interno" das autoridades de Kiev, pois não foram acordadas com representantes de Donetsk e Lugansk, tal como previsto no pacote de medidas.

    Os acordos de Minsk preveem, entre outros pontos, o cessar-fogo na região de Donbass, a retirada das armas pesadas, a troca de prisioneiros e a reforma constitucional na Ucrânia antes do final do ano.

    No entanto, ambos os lados do conflito relatam violações diárias da trégua. 

    Mais:

    'O último rublo': Minsk prepara doutrina militar
    Chancelaria russa: Processo Minsk-3 anunciado por Kiev é uma afirmação 'analfabeta'
    Cameron e Xi Jinping destacaram o progresso na implementação dos acordos de Minsk
    Minsk diz que melhora nas relações só depende do Ocidente
    Tags:
    Acordos de Minsk, crise, conflito, OSCE, Alexander Lukashevich, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar