16:17 18 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 34
    Nos siga no

    Desconhecidos mancharam com a cor vermelha os muros do prédio do centro islâmico da cidade norte-americana de Owensboro, em Kentucky. Representantes da comunidade muçulmana dizem que o ato de vandalismo foi cometido por motivos de ódio religioso.

    O Conselho de Relações Americano-Islâmicas emitiu uma declaração exortando as agências policiais locais para investigar o aparecimento de marcas vermelhas no centro do edifício em Owensboro como um crime de ódio. 

    O xerife do departamento de polícia do distrito, Scott Davis, disse que o pessoal do centro pediu-lhe para averiguar as marcas vermelhas no edifício na última sexta-feira. A perícia mostrou que as paredes estavam manchadas com ketchup.

    Segundo o porta-voz do Conselho de Relações Americano-Islâmicas, há um considerável aumento nos ataques a mesquitas em todo o país.

    Mais:

    Opinião: coalizão islâmica mostrará que o terrorismo e o Islã não estão relacionados
    Putin: Estado Islâmico compromete o verdadeiro Islã
    “Comandos do Islã” não têm nenhuma chance contra polícia e exército do Afeganistão
    Após 2070 o Islã será a religião mais praticada no mundo
    Tags:
    vandalismo, mesquita, islã, Kentucky, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar