15:18 20 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Rebelde em frente à refinaria de petróleo, após captura pelas forças opositoras ao governo da cidade de Ras Lanouf, no Leste da Líbia

    EUA: Daesh ganhou $500 milhões com o comércio ilegal de petróleo

    © AP Photo/ Hussein Malla
    Mundo
    URL curta
    442

    O grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) já ganhou 500 milhões de dólares através do comércio de petróleo ilegal. A informação foi divulgada pelo secretário do Tesouro dos EUA, Jack Lew, em uma reunião do Conselho de Segurança da ONU.

    "Até o momento, o Estado Islâmico já recolheu cerca de $500 milhões com o petróleo no mercado negro e milhões através de pessoas com uma extorsão brutal", disse ele.

    Ao mesmo tempo, o secretário do Tesouro disse que os terroristas são financeiramente vulneráveis. "A abordagem dos EUA é atacar os pontos fracos", observou. 

    "O Estado Islâmico recolhe apenas uma pequena parte de sua receita através de doadores estrangeiros. Em contrapartida, o grupo recebe fundos provenientes de atividades econômicas com recursos em território que estão sob seu controle", disse Lew.

    Na última quinta-feira, o Conselho de Segurança da ONU adotou uma resolução que prevê que todos os países devem lutar contra as fontes de financiamento do terrorismo, em particular, congelando os bens e proibindo a entrada e o trânsito, além de impedir o fornecimento direto ou indireto de armas para os indivíduos e entidades inscritas na lista de sanções do Conselho de Segurança. 

    O secretário do Tesouro dos EUA declarou que a reunião realizada entre os ministros das Finanças foi ‘sem precedentes’. Segundo Jack Lew, isso "ressalta o foco da comunidade internacional na destruição do Estado Islâmico".

    Mais:

    Erdogan acusa Síria de comprar petróleo do Daesh para desviar a atenção de si mesmo
    Assad: dentro de um ano, Daesh pode ser derrubado
    Angry Birds do Daesh? Terroristas podem usar pássaros-bomba
    Exército sírio ataca militantes do Daesh em províncias-chave
    Coalizão islâmica contra Daesh é instrumento para salvar regime saudita
    Tags:
    comércio ilegal, petróleo, Daesh, Estado Islâmico, Jack Lew, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik