19:44 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Síria, Bashar Assad dá entrevista à BBC em Damasco

    Mídia: EUA podem aceitar participação de Assad na transição política síria

    © AP Photo / SANA, File
    Mundo
    URL curta
    661
    Nos siga no

    A Administração dos EUA está disposta a aceitar um acordo que manteria o presidente da Síria, Bashar Assad, no cargo durante vários meses no período da transição política no país. A informação foi publicada pelo The Wall Street Journar, citando uma fonte da Casa Branca.

    Anteriormente, as autoridades norte-americanas se opunham a qualquer participação de Assad no processo político sírio.

    Foi realizada na última quinta-feira, em Viena, uma reunião a portas fechadas entre os ministros das relações exteriores da Rússia, EUA, Arábia Saudita e Turquia, focada na busca por uma resolução do conflito sírio. 

    Nesta sexta-feira se juntam ao encontro representantes do Irã, Qatar, Jordânia, Alemanha, França, Egito, Itália, Reino Unido, Iraque e Líbano, além do enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura. 

    A fonte citada pelo jornal norte-americano apontou que nos últimos dias a Casa Branca não fez nenhuma declaração oficial sobre a saída de Assad do poder, a fim de deixar espaço de manobra nas negociações em Viena.

    Foi ressaltado também que Washington promoverá nas negociações internacionais uma resolução que prevê um cessar-fogo no país e sem necessitar de uma renúncia imediata de Assad.

    Segundo o The Wall Street Journal, esta postura dos Estados Unidos reflete uma nova realidade na Síria desde o início de setembro com a operação militar russa contra o Estado Islâmico, realizada após o pedido das autoridades sírias. 


    Mais:

    Rússia entregou a parceiros informações sobre grupos de oposição síria
    Rússia pode surpreender o mundo com uma vitória geopolítica na Síria
    Casa Branca: EUA não têm plano para mudar estratégia na Síria
    Kremlin: Rússia mantém diálogo com oposição síria diariamente
    Turquia ameaça atacar aliados dos EUA na Síria
    Tags:
    política, transição, renúncia, crise, Bashar Assad, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar