06:57 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Curdos com bandeiras do PKK em Istambul, Turquia

    Turquia está preocupada porque outros países podem cooperar com curdos

    © AP Photo/ Ibrahim Usta
    Mundo
    URL curta
    2110

    O embaixador da Turquia para a Rússia Umit Yardim disse que Ancara está preocupada com a possibilidade de cooperação de alguns países com os curdos no combate contra o Estado islâmico (EI) e vai tomar medidas contra essa cooperação.

    "Estamos preocupados com isso e manteremos nossa preocupação. Estamos discutindo esta questão não só com a Rússia, mas também com outros países amigáveis", disse Yardim.

    Ele disse que Ancara "deixou perfeitamente claro" que se o apoio for dado aos curdos por outros países, incluindo os Estados Unidos, em seguida a Turquia "iria reagir imediatamente".

    Os EUA anunciaram no início desta semana terem fornecido armas às forças do Partido da União Democrática (PYD) dos curdos que lutam contra a organização terrorista do Estado Islâmico na região norte da Síria.

    Anteriormente, o chefe do ministério russo para Relações Exteriores, Sergei Lavrov, havia declarado que a Rússia só fornece armamentos aos curdos, que lutam contra EI, por intermediário do governo do Iraque.

    Em recente entrevista à Sputnik, o alto representante do Partido da União Democrática (PYD) dos curdos sírios, Sihanok Dibo, manifestou apoio à luta russa contra o Estado Islâmico e apresentou o plano concreto de cooperação com a Rússia na luta contra esta organização terrorista.

    Mais:

    Curdos apoiam operação da Rússia na Síria
    Putin pede esforço conjunto contra o terrorismo após atentado na Turquia
    Tags:
    curdos, Partido da União Democrática (PYD), Estado Islâmico, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik