14:09 19 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Sistema de defesa terra-ar TOR-M2U/SA-15 Gauntlet

    Rússia usa defesa antiaérea avançada para proteger as Curilas

    © Sputnik / Vladimir Pesnya
    Mundo
    URL curta
    Defesa da Rússia (214)
    13750

    As Ilhas Curilas, na região russa de Sakhalin, formam um arquipélago vulcânico localizado entre Hokkaido, no Japão, e Kamchatka, na Rússia, separando o Mar de Okhotsk no norte do Oceano Pacífico.

    Nesta quarta-feira, as forças armadas russas elevaram sua capacidade de combate na região com o uso do sistema antimísseis Tor-M2U nas Ilhas Curilas, segundo informou Rossiyskaya Gazeta. Nos seis meses anteriores, soldados e oficiais usaram o sistema em caráter experimental.

    O Tor-M2U foi escolhido devido a suas capacidades de combate. O sistema faz parte de uma nova geração de sistemas antiaéreos de pequeno alcance. Sua principal tarefa é proteger de ataques aéreos com caças, helicópteros, mísseis de cruzeiro e drones inimigos as instalações militares e governamentais mais importantes.

    Cada sistema antiaéreo carrega oito mísseis que são lançados verticalmente. O sistema fornece proteção confiável contra alvos aéreos que voam a velocidades de até 700 metros por segundo. Ele consegue não apenas detectar e identificar 48 alvos no céu, como também determinar automaticamente qual deles é o mais perigoso.

    Uma vez que identificação é feita, o sistema defensivo pode disparar simultaneamente quatro mísseis na direção de alvos inimigos. O alcance de disparo do Tor M2U vai de 500 metros até 12 quilômetros.

    Tema:
    Defesa da Rússia (214)

    Mais:

    Oficiais russos continuam visita às Curilas apesar de protestos do Japão
    "Aberto a todas as propostas": Rússia favorece investimentos nas Ilhas Curilas
    Moscou afirma que não há disputa pelas ilhas Curilas
    Tags:
    arquipélago, sistema antiaéreo, Defesa, Tor-M2U, Ilhas Curilas, Curilas, Japão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik