12:54 18 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Posto de checagem da autoproclamada República Popular de Donetsk

    UE diz que não reconhecerá eleições em Donetsk

    © AP Photo / Darko Vojinovic
    Mundo
    URL curta
    0 28

    A União Europeia não pode reconhecer as eleições as eleições a serem realizadas na autoproclamada República Popular da Donetsk sob quaisquer circunstâncias. A declaração é do chefe da representação da Comissão Europeia na Ucrânia, Jan Tombinski.

    "É muito importante que se realizem eleições na região de Donbass, que devem ser conduzidas sob o controle da OSCE. Em qualquer caso, não poderemos reconhecer e apoiar as falsas eleições que se pretende realizar na chamada República Popular de Donetsk", disse Tombinski.

    Ele observou que a Europa "apoia plenamente a independência e a soberania da Ucrânia" e disse que agora é muito importante para seu governo recuperar o controle de suas fronteiras com a Rússia.

    "Para implementar plenamente todos os pontos dos acordos de Minsk é necessário garantir a retirada das armas pesadas, tanques, morteiros e armas de menor calibre", disse Tombinski.

    Anteriormente, o presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, pediu que as autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk desistissem das eleições, porque elas deveriam ser realizadas em conformidade com a legislação ucraniana.

    As eleições de Donetsk estão agendadas para 18 de outubro, e em Lugansk, em 1º de novembro. Ambos os territórios têm garantido que as eleições irão acontecer independentemente dos desejos de Kiev.

    Mais:

    Rússia insiste na participação de Donetsk e Lugansk na reunião do 'Quarteto da Normandia'
    Donetsk: bombardeio contra OSCE foi provocação de militares ucranianos
    Militares ucranianos bombardeiam Donetsk 32 vezes em 24 horas
    Donetsk alerta para possível nova rodada de hostilidades no sudeste da Ucrânia
    Habitantes de Donetsk protestam contra trabalho da OSCE
    Tags:
    eleições, Comissão Europeia, OSCE, Kiev, Ucrânia, Donetsk
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar