00:55 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Cidade de Ramadi, capital da província de Al Anbar, no Iraque

    Estado Islâmico explode estádio olímpico no Iraque

    © AP Photo/
    Mundo
    URL curta
    0 68416

    O grupo terrorista Estado Islâmico utilizou 3,5 toneladas de explosivos para destruir, no domingo (19), um grande estádio olímpico na cidade de Ramadi, no centro do Iraque. A construção era o maior centro esportivo da região, segundo informou o jornal Elaph.

    Localizado a alguns quilômetros de distância de Ramadi, na província de Al Anbar, o estádio foi minado com vários explosivos colocados em diferentes partes da instalação, detonados por controle remoto.

    Ainda de acordo com o jornal Marca, a destruição do estádio faz parte de uma estratégia do EI para tomar Ramadi, tendo também sido colocados nos últimos dias explosivos em diversas construções da cidade.

    O estádio, que foi concebido como um dos grandes projetos do Iraque para o pós-guerra de 2003, estava 60% construído e o valor total das obras era estimado em 1,25 bilhão de dólares.

    O Estado Islâmico controla hoje uma parcela significativa dos territórios da Síria e do Iraque. Apesar de um extenso programa envolvendo cinco mil soldados, o exército iraquiano não conseguiu conter os avanços recentes do grupo jihadista. Ramadi, localizada a cerca de 130 quilômetros de Bagdá, foi capturada pelos militantes do EI em 17 de maio, em uma operação relâmpago que forçou a fuga precipitada dos soldados iraquianos.

    Há uma semana, as Forças de Segurança do Iraque e as milícias xiitas iniciaram uma segunda ofensiva, cujo principal objetivo é recuperar Ramadi.

    Mais:

    EI assume responsabilidade por atentado na fronteira turca
    Lider antiterrorista: 'Quem apoia Talibã, apoia o EI'
    Mídia: jihadistas noruegueses decepcionados com EI pedem ajuda à Polícia
    Tags:
    jihadismo, ataque terrorista, terrorismo, estádio olímpico, Estado Islâmico, Iraque, Ramadi
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik