00:49 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Militantes do Estado Islâmico (EI)

    Atentado do Estado Islâmico provoca morte de pelo menos 86 no Iraque

    © AP Photo/ STR
    Mundo
    URL curta
    219202

    Um atentado suicida reivindicado pelo Estado Islâmico deixou pelo menos 86 mortos no Iraque, além de mais de uma centena de feridos, segundo agentes de segurança e funcionários de hospitais.

    O terrorista detonou um pequeno caminhão, carregado com explosivos pesados, em um mercado no centro de Khan Bani Saad, uma cidade de maioria xiita na província de Diyala, 30 quilômetros a nordeste da capital iraquiana, Bagdá.

    O Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade pelo ataque, em mensagem divulgada no Twitter por usuários conhecidos por associação com o grupo extremista. Segundo o grupo, o atentado foi uma vingança pelo "massacre de sunitas" na cidade iraquiana de Hawija, no norte do país. Não está claro a qual "massacre" o grupo se refere, mas a cidade de Hawija tem sido palco de confrontos desde que foi ocupada pelo Estado Islâmico, em junho de 2014

    O Estado Islâmico identificou o suicida como Abu Ruqaya al-Ansari. Segundo o grupo, ele detonou três toneladas de explosivos, tendo como alvo milícias da maioria xiita do país. No sábado, os xiitas celebram o feriado muçulmano do Eid, realizado após o mês de jejuns do Ramadã. A minoria sunita começou a celebrar o Eid nesta sexta-feira.

    Pelo menos 116 pessoas ficaram feridas no ataque da sexta-feira, segundo Ali Tamimi, o gerente da diretoria de saúde local da província de Diyala, informou Agência Estado.

    Tags:
    terrorismo, atentado, Estado Islâmico, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik