Quirguistão afirma ter evitado ataques e pilhagens do Estado Islâmico

© East News / Balkis Press / ABACA/EAST NEWSEstado Islâmico
Estado Islâmico - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os suspeitos que foram mortos ou detidos durante uma operação especial antiterrorista realizada ontem (16) no Quirguistão eram membros do Estado Islâmico, segundo afirmou o comitê de segurança nacional quirguiz nesta sexta-feira (17).

"Em 16 de julho de 2015, em Bishkek, o comitê de segurança nacional tinha uma missão especial antiterrorista contra militantes da organização terrorista internacional Estado Islâmico", disse o serviço de imprensa do órgão quirguiz. 

"Este grupo clandestino estava se preparando para atos terroristas em 17 de julho, durante a celebração do Eid al-Fitr [celebração muçulmana que marca o fim do jejum do Ramadã], e para um ataque à base aeronáutica na cidade de Kant, no norte do Quirguistão, onde os militantes planejavam apreender armas."

Last stage of the previous year's SCO anti-terrorist exercise Peace Mission - 2013. - Sputnik Brasil
Rússia acorda cooperação militar com parceiros na Ásia para 2016-2017
As forças de segurança da ex-república soviética mataram seis suspeitos: quatro durante a operação especial em Bishkek e dois em um vilarejo chamado Lebedinovka. Outras sete pessoas foram detidas, segundo as autoridades nacionais.

O relatório do comitê de segurança afirma que os militantes eram liderados pelo cidadão cazaque Zhanbolat Amirov, que já havia sido condenado no Quirguistão, mas escapara da prisão.

"A investigação está em andamento, e nós continuamos à procura de outros membros ativos da organização e de seus aliados", conclui a nota à imprensa, acrescentando que quatro agentes da lei foram feridos durante a operação antiterrorista.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала