17:00 15 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 37
    Nos siga no

    Dzhokhar Tsarnaev, responsável por planejar junto com o seu irmão, Tamerlan, o atentado terrorista à Maratona de Boston, no estado norte-americano de Massachusetts, há dois anos, se apresentou hoje a uma corte dos Estados Unidos para ouvir o anúncio oficial de sua sentença e se desculpar pelo ataque.

    "Eu sinto muito pelas vidas que eu tirei", disse o rapaz de 21 anos em sua primeira declaração formal desde o trágico ataque de 15 de abril de 2013, que custou a vida de três pessoas e deixou outras 264 feridas. "Eu rezo para que Alá traga paz para as pessoas que morreram. Eu oro por cura e força", completou o jovem muçulmano natural do Quirguistão. 

    Logo após o seu pronunciamento, Djokhar Tsarnaev foi formalmente condenado à morte pelo juiz George O'Toole, no tribunal federal de Boston, em decorrência da decisão anunciada por um júri popular há pouco mais de um mês.

    No último dia 15 de maio, Tsarnaev foi considerado culpado pelos 12 jurados que o julgavam em todas as 30 acusações que pesavam contra ele, incluindo assassinato e uso de armas de destruição em massa. Dezessete dessas acusações eram puníveis com pena de morte. Embora a punição capital seja inconstitucional no estado de Massachusetts, ele foi julgado por um júri federal, o que não o isentou da pena.

     

    Mais:

    Rússia havia alertado os EUA sobre terrorista dois anos antes do atentado de Boston
    Júri declara culpado o coautor do atentado de Boston
    Tags:
    sentença de morte, Atentado à Maratona de Boston de 2013, Tamerlan Tsarnaev, Dzhokhar Tsarnaev, Massachusetts, Quirguistão, Boston, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar