Culpado por atentado na Maratona de Boston é condenado à morte

© REUTERS / Jane Flavell CollinsIlustração mostra o suspeito pela bomba na Maratona de Boston, Dzhokhar Tsarnaev (2-E) e seu time de defesa durante a leitura do veredito em Boston
Ilustração mostra o suspeito pela bomba na Maratona de Boston, Dzhokhar Tsarnaev (2-E) e seu time de defesa durante a leitura do veredito em Boston - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Após 14 horas de deliberação dos jurados, Dzhokhar Tsarnaev foi condenado à morte. É a primeira vez que um júri federal dos Estados Unidos sentencia alguém à morte na era pós-11 de setembro.

Vários jurados choravam enquanto s sentença era lida. Tsarnaev não mostrou emoção.


Era necessária unanimidade entre os 12 jurados para que Tsarnaev fosse condenado à morte. Caso contrário, ele receberia prisão perpétua sem direito a liberdade condicional. A execução será feita com injeção letal, mas o resultado do julgamento deve ser alvo de apelações durante anos.

Dzhokhar Tsarnaev foi considerado culpado em todas as 30 acusações, incluindo assassinato e uso de armas de destruição em massa. Dezessete das 30 acusações eram puníveis com pena de morte.

Acusado pela coautoria do atentado na maratona de Boston, Dzhokhar Tsarnaev - Sputnik Brasil
Rússia havia alertado os EUA sobre terrorista dois anos antes do atentado de Boston
Os advogados de defesa adotaram uma estratégia inesperada, essencialmente admitindo a culpa de Tsarnaev pela explosão durante a Maratona de Boston. "Foi ele", disse a advogada Judy Clarke, durante seu discurso de abertura.

Diante de evidências tão claras da culpa de seu cliente, a advogada queria tentar evitar a pena de morte e argumentou que Tsarnaev havia sido fortemente influenciado por seu irmão, Tamerlan Tsarnaev, e que o irmão mais velho havia sido o principal responsável pelo atentado.

"As provas não estabelecem isso nem vamos argumentar que Tamerlan colocou uma arma na cabeça de Dzhokhar, mas vocês verão provas sobre o tipo de influência que o irmão mais velho exercia", pronunciou a advogada.

Por outro lado, promotores mostraram Dzhokhar como um participante ativo ao citarem sua coleção de revistas da al-Qaeda. Em busca da pena de morte para o jovem de 21 anos, a promotoria apresentou 92 testemunhas, incluindo vítimas da explosão.

A punição capital é inconstitucional no estado americano de Massachusetts, mas Tsarnaev foi julgado por um júri federal e não estava isento da pena de morte. Tamrelan, o irmão, foi morto enquanto tentava fugir da polícia.

 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала