07:55 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 91
    Nos siga no

    O porta-voz da chancelaria chinesa, Lu Kang, disse nesta quinta-feira (18) que “alguns países” deveriam ajudar a procurar soluções, ao invés de problemas, no Banco Asiático de Investimento (AIIB). Ele destacou que a instituição quer preencher a lacuna no investimento em infraestrutura na Ásia.

    “A missão da AIIB é ajudar a desenvolver as economias da região e resolver os seus problemas práticos na busca do desenvolvimento comum e prosperidade. Para os problemas práticos enfrentados atualmente, a atitude certa deve ser trabalhar em conjunto para encontrar uma solução”, disse Lu Kang.

    Notas bancárias de 5 mil rublos
    © Sputnik / Vladimir Trefilov
    Ele afirmou que a maioria dos países asiáticos tem necessidade de investimento em infraestrutura. “É uma coisa boa se há mais opções para financiamento, por isso a proposta do AIIB ganhou apoio generalizado. A China e os outros 56 membros fundadores estão dispostos a trabalhar em conjunto para impulsionar o desenvolvimento.”

    Lu Kang disse ainda que “é um prazer saber que mais países querem aderir à instituição financeira” e que compreende que “alguns países não podem participar do AIIB agora”. “No entanto, é bastante inaceitável que alguns países que não querem se juntar a nós mantenham a procura por problemas", acrescentou.

    Tags:
    China, Ásia, Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura (AIIB), infraestrutura, adesão, desenvolvimento, soluções
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar