17:13 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Vladimir Putin, presidente da Rússia

    Sputnik destaca frases mais marcantes de Vladimir Putin

    © Sputnik/ Michael Klimentyev
    Mundo
    URL curta
    0 4729663

    Há 15 anos Vladimir Putin venceu no primeiro turno das eleições presidenciais da Rússia. Durante o seu governo o chefe do Estado se tornou famoso por suas aforismos e piadas.

    Vladimir Putin tomou posse como presidente interino da Rússia em dezembro de 1999, após a demissão voluntária de Boris Yeltsin, e em março do mesmo ano venceu as eleições presidenciais. Em 2008-2012 ele dirigiu o governo, e em março de 2012 foi reeleito. Já no dia da inauguração, Putin assinou os “decretos de maio" — um amplo programa de garantias sociais. A Sputnik lembra as frases mais marcantes do presidente russo.

    "Arrebentar na latrina"

    Putin  fez a sua declaração talvez mais famosa em setembro de 1999 quando era primeiro-ministro.

    “Aviões russos atacam e vão atacar na Chechénia exclusivamente as bases terroristas, e estejam onde eles estiverem isso vai continuar… Vamos perseguir os terroristas em todos os lugares, se forem no aeroporto – então no aeroporto. Ou, desculpe-me, vamos capturar eles no banheiro e arrebentar na latrina, no final.  Esse assunto está fechado completamente”.

    "Afundou"

    Em setembro de 2000 Putin na entrevista ao jornalista Larry King no CNN respondeu o que aconteceu com o submarino russo Kursk. Ele somente disse: “Ele afundou”. A resposta do presidente provocou uma reação contraditória na sociedade russa, muitos o condenaram por "sorriso malicioso" e pela frase que pode parecer cínica.  No entanto, Larry King em 10 anos depois da entrevista chamou essa resposta "brilhante" e acrescentou que isso foi um dos "destaques na televisão", que causam uma forte reação dos espectadores.

    "No mínimo, um chefe de Estado deve ter cérebro"

    Em resposta a declaração de Hillary Clinton que Putin não tem alma, o presidente disse: “Acho que, no mínimo, um chefe de Estado deve ter cérebro. E, para construir relações interestatais não deve ser guiado por emoções, mas, sim, pelos interesses fundamentais dos seus países”.

    “E não há ninguém pra conversar”

    “Se eu sou um democrata puro? Claro, eu sou um democrata absolutamente puro. Mas você sabe qual é o problema? O fato que eu sou único, não há semelhantes no mundo. Após a morte de Mahatma Gandhi não há ninguém pra conversar”, disse Putin em 2007.

    Sobre União Soviética

    Jornalistas têm muitas vezes perguntado o presidente sobre sua atitude a União Soviética.  Em 2005, ele respondeu que "o colapso da União Soviética foi a maior catástrofe geopolítica do século", e cinco anos depois declarou: “Aquele que não lamenta o fim da União Soviética não têm coração, mas quem quer restaurá-la na sua forma original, não tem cérebro”.

    Crimeia só pode ser russa

    Após a reunificação da Criméia com a Rússia em 2014, o chefe de Estado disse, que “no coração e na mente do povo russo a Criméia sempre foi uma parte da Rússia. E de fato a Crimeia só pode ser russa”.

    No documentário "O Presidente", transmitido por ocasião do 15º aniversário de sua ascensão aos altos escalões do Estado russo, Putin contou que o mais importante era entender o que os habitantes da Crimeia queriam para si.

    "Eu falei para eles que essa é uma questão vital para nós – as pessoas. Eu não sei que interesses vocês irão defender, mas nós, defendendo os nossos, iremos até o fim. E isso é uma questão de extrema importância" – disse Putin.

    Se Berlusconi fosse homossexual

    “Berlusconi é culpado por vida com mulheres. Se ele fosse homossexual, ninguém não diria nada a ele”.

    Deus nos criou iguais

    Em setembro de 2013, Putin publicou um artigo no jornal The New York Times, onde comentou a declaração do presidente dos EUA, Barack Obama sobre a exclusividade da nação americana. “É muito perigoso inspirar as pessoas para eles se consideram exclusivos, seja qual for a motivação. Quando pedimos a bênção do Senhor, não devemos esquecer que Deus nos criou iguais”, lembrou Putin ao presidente norte-americano.

    Tags:
    aforismo, Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik