20:47 16 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    • Foto da Terra capturada pela espaçonave Elektro-L com resolução recorde de 121 megapixels
    • Júpiter (em baixo) e Saturno (em cima) durante a conjunção mais próxima dos planetas em 400 anos, Espanha, 21 de dezembro de 2020.
    • Lançamento experimental do foguete Angara-A5 no cosmódromo de Plesetsk, 14 de dezembro de 2020
    • Galáxia GAL-CLUS-022058s é o maior e um dos mais completos anéis de Einstein descobertos em nosso Universo. Devido à aparência ardente, NASA o chamou de anel derretido
    • Milhares de brilhantes estrelas jovens estão aninhadas dentro da nebulosa gigante NGC 3603, um dos maiores enxames de estrelas jovens na Via Láctea
    • Esta grande extensão de espaço capturada com o Telescópio Espacial Hubble mostra a galáxia SDSSJ225506.80+005839.9. Ao contrário de muitas outras galáxias extravagantes e nebulosas deslumbrantes capturadas pelo Hubble, esta galáxia não tem um nome popular curto, e só é conhecida por suas coordenadas no céu.
    • Foto de tempestade em Netuno e de uma mancha escura menor perto dela capturadas pelo Telescópio Espacial Hubble.
    • Enxame globular Messier 107 na constelação de Ophiuchus
    • Estação Espacial Internacional sobrevoando um ciclone na Terra
    • Galáxia NGC 1792 na constelação de Columba
    • Nascer do sol visto de bordo da Estação Espacial Internacional
    • Galáxia lenticular NGC 1947 na constelação de Dorado
    • Campos magnéticos da galáxia espiral NGC 1068 (M77) na constelação de Cetus
    Foto da Terra capturada pela espaçonave Elektro-L com resolução recorde de 121 megapixels.

    O último mês de 2020 foi rico em notícias espaciais, com a NASA tendo divulgado novas fotos tiradas pelo telescópio Hubble, incluindo a Grande Conjunção e tempestades em Netuno.

    Entre as notícias marcantes também está o lançamento experimental do mais moderno foguete russo Angara-A5 do cosmódromo de Plesetsk, que ocorreu em 14 de dezembro.

    Em 21 de dezembro, os dois maiores planetas do Sistema Solar formaram a rara "Estrela de Natal", aproximando-se em conjunção e deslumbrando o céu em um fenômeno astronômico raro, que não acontece desde os tempos medievais.

    Além disso, em honra do 30º aniversário do telescópio Hubble, o qual revolucionou a ciência astronômica, a NASA publicou fotos do telescópio ainda inéditas.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais fotos