14:40 19 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    6210
    Nos siga no

    A "estrela de Natal" deslumbrará o céu em 21 de dezembro. Os astrônomos se preparam para um acontecimento astronômico muito raro, que envolve os planetas Júpiter e Saturno.

    Em 21 de dezembro, um ponto brilhante aparecerá no céu durante a noite. Os astrônomos o apelidaram de "estrela de Natal", pelo seu surgimento durante a época festiva natalina.

    No entanto, o ponto não é uma estrela, mas na verdade a conjunção entre os dois maiores planetas do Sistema Solar: Saturno e Júpiter, de acordo com a revista Astronomy.

    Ambos os planetas serão facilmente observados, e vão aparecer como se fossem uma estrela ao lado da Lua. Sua total proximidade permitirá a apreciação dos planetas como se fossem um único ponto brilhante.

    Quando planetas se encontram tão perto uns dos outros no céu noturno, sua proximidade é chamada de Grande Conjunção.

    A última vez que esses planetas se encontraram dessa maneira, perto das comemorações do Natal, foi em 1226. Agora, só em 2080, que o evento acontecerá novamente.

    "Júpiter e Saturno formarão a rara 'estrela de Natal' no solstício de inverno. Durante o acontecimento, os planetas estarão apenas à 0,1 grau de distância, ou apenas um quinto da largura da Lua", segundo a revista Astronomy.

    Júpiter é o planeta mais brilhante, superando o brilho de Saturno em 12 vezes. O gigante gasoso é o segundo objeto mais brilhante no céu atrás apenas da Lua.

    A "estrela de Natal" composta por Júpiter e Saturno será fácil de ser localizada, os planetas serão um belo ponto brilhante ao lado da Lua.

    Mais:

    Mistério sobre formação da Lua pode ter sido desvendado por supercomputador (VÍDEO)
    NASA poderia enviar submarino para buscar vida em lagos e mares de lua de Saturno
    Sonda da NASA descobre evidências de 'gelo fresco' na parte norte de lua de Saturno (VÍDEO)
    Lua de Júpiter brilha no escuro, descobrem cientistas (FOTO)
    Tags:
    Saturno, estrelas, Júpiter, Natal, astronomia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar