22:51 22 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    • Moradores observam o fluxo quente ocasionado pelo rio de lava em Lumajang, província da ilha de Java, em 2 de dezembro 2020, após erupção do vulcão Monte Semeru
    • Materiais vulcânicos são expelidos da cratera do Monte Semeru em Lumajang, província da ilha de Java, Indonésia, no dia 1º de dezembro 2020
    • Gado morto coberto por cinza pelo rio de lava em Lumajang, província da ilha de Java, Indonésia, em 2 de dezembro 2020, após erupção do vulcão Monte Semeru
    • Mulheres indonésias sentam-se na parte de trás de um caminhão, se preparando para evacuação de suas casas, após erupção do Monte Semeru em Lumajang, província da ilha de Java, Indonésia, no dia 1º de dezembro 2020
    • Rios de lava após erupção do vulcão Semeru na ilha de Java
    • Homem anda por caminho coberto com cinzas vulcânicas após erupção do Monte Semeru em Lumajang, província da ilha de Java, Indonésia, em 2 de dezembro 2020
    • Moradores reúnem-se para avaliar os danos causados pelo rio de lava em Lumajang, província da ilha de Java, Indonésia, em 2 de dezembro 2020, após erupção do vulcão Monte Semeru
    • Pessoas na estrada coberta por cinza volcânica da erupção do Monte Semeru, em Lumajang, província da ilha de Java, Indonésia, em 2 de dezembro 2020
    • Habitantes evacuados após erupção do vulcão Semeru, na ilha de Java.
    • Moradores reúnem-se para avaliar danos causados pelo rio de lava em Lumajang, província da ilha de Java, Indonésia, em 2 de dezembro 2020, após erupção do vulcão Monte Semeru
    • Habitantes evacuados após erupção do vulcão Semeru, na ilha de Java
    • Vista geral mostra a destruição causada pelo rio de lava em Lumajang, província da ilha de Java, Indonésia, em 2 de dezembro 2020, após erupção do vulcão Monte Semeru
    © AFP 2020 / Juni Kriswanto
    Moradores observam o fluxo quente ocasionado pelo rio de lava em Lumajang, província da ilha de Java, em 2 de dezembro 2020, após erupção do vulcão Monte Semeru.

    Neste domingo (29), o vulcão Semeru, na Indonésia, entrou em erupção, espalhando cinzas e fumaça até quatro quilômetros de altura e forçando mais de 2.700 residentes a buscarem refúgio.

    A cinza quente caiu por até 3.000 metros nas encostas do Monte Semeru na terça-feira passada (27) de manhã, provocando pânico entre a população. Segundo as autoridades do país, nenhuma vítima mortal foi registrada até agora.

    Neste momento, as autoridades indonésias estão monitorando de perto vários vulcões após os sensores terem detectado o aumento da sua atividade nas últimas semanas, o que induziu na evacuação de milhares de pessoas do local.

    Mais:

    Supererupção do vulcão Yellowstone há milhões de anos durou décadas (FOTO)
    'Sinal de magma' do vulcão de Yellowstone poderia levar a desastre global, afirma especialista
    Novo mineral forjado por vulcão russo é encontrado e poderia ser usado em baterias (FOTO)
    Tags:
    erupção vulcânica, vulcão, Indonésia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais fotos