22:37 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    3222
    Nos siga no

    Os confrontos em Jerusalém Oriental, que duram vários dias por causa da decisão de um tribunal israelense de despejar famílias palestinas, motivaram diversas pessoas em Londres a protestar pela causa palestina.

    Nos últimos três dias, Jerusalém foi abalada pela violência enquanto Israel e o Hamas trocavam ataques com mísseis na mais recente escalada de tensões do ano.

    Em Londres, no Reino Unido, ativistas pró-palestinos estão se reunindo em frente à residência do primeiro-ministro Boris Johnson para protestar contra uma decisão do tribunal israelense de despejar várias famílias palestinas da cidade.

    Protesto de solidariedade com a Palestina em Londres. Onde quer que você esteja, endosse o BDS [grupo que prega um boicote à Israel], compartilhe histórias sobre o que está acontecendo na Palestina, e vá para as ruas entoando: Palestina Livre, e pelo fim da brutalidade de Israel.

    Os manifestantes exigem que o governo do Reino Unido apresente uma posição sobre o assunto. Centenas de palestinos e 17 policiais israelenses ficaram feridos na última rodada de violência em Jerusalém, em 7 de maio. 

    ​Queremos ouvir você dizer, Londres: Libertem a Palestina!

    Os confrontos de sexta-feira (7) passada foram os maiores até agora na sequência de violência que foi desencadeada por eventos recentes entre palestinos e israelenses. A Sputnik também está em Londres, e produziu imagens exclusivas das manifestações.

    Mais:

    Turquia acusa Israel de gerar 'terror' em operação policial contra palestinos na mesquita de Al-Aqsa
    Israel a ferro e fogo: confrontos entre palestinos e policiais fazem mais de 100 feridos
    Jordânia protesta contra planos de Israel de despejo de palestinos em Jerusalém
    Tags:
    ativistas islâmicos, ativistas, Londres, Boris Johnson, Palestina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar