01:52 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo vs. pandemia do coronavírus no início de maio de 2021 (63)
    0 02
    Nos siga no

    O vice-presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), John Coates, foi inflexível neste sábado (8) de que nada poderia impedir as Olimpíadas de Tóquio de prosseguir, apesar dos riscos contínuos da COVID-19.

    Questionado pela AFP se havia algum cenário em que os Jogos Olímpicos, que devem começar em julho, pudessem ser cancelados ou adiados novamente nesta fase tardia, ele respondeu: "Não, não há".

    "O primeiro-ministro do Japão disse ao presidente dos Estados Unidos há duas ou três semanas, e ele continua a dizer isso ao COI. Estamos trabalhando com ele [o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga] em todas as medidas de segurança", declarou Coates.

    Suga conversou com o presidente americano Joe Biden em abril e enfatizou que está fazendo todo o possível para conter as infecções por COVID-19 e realizar uma Olimpíada "segura e protegida".

    Coates, que chefia a Comissão de Coordenação dos Jogos Olímpicos de Tóquio do COI, disse que muito trabalho foi feito para garantir a segurança dos atletas e do público japonês.

    Tema:
    Mundo vs. pandemia do coronavírus no início de maio de 2021 (63)

    Mais:

    Presidente do COI descarta adiar Jogos Olímpicos novamente: 'Não há plano B'
    Coreia do Norte diz que não vai participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio
    EUA consideram boicotar Jogos Olímpicos de Pequim de 2022 por violações de direitos humanos na China
    Tags:
    pandemia, COVID-19, Comitê Olímpico Internacional, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar