04:11 16 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Esportes
    URL curta
    Mundo vs. pandemia do coronavírus no início de maio de 2021 (63)
    151
    Nos siga no

    A Pfizer anunciou, nesta quinta-feira (6), que vai doar doses de sua vacina contra a COVID-19 para atletas e suas delegações que participarão dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio.

    Os primeiros lotes do imunizante, produzido em parceria com o laboratório alemão BioNTech, devem ser entregues no final de maio, com o objetivo de garantir que as delegações recebam a segunda dose antes da chegada a Tóquio, conforme publicou a agência Reuters. Os Jogos terão início no dia no 23 de julho.

    O acordo foi selado após reunião entre representantes do Comitê Olímpico Internacional (COI) com o governo japonês, que aceitaram a oferta do CEO da Pfizer, Albert Bourla.

    "Esta doação é mais uma ação entre várias que ajudarão a tornar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio seguros e protegidos para todos os participantes", afirmou o presidente do COI, Thomas Bach.
    Em Tóquio, no Japão, cartões-postais da cidade são iluminados com as cores olímpicas para marcar o início da contagem regressiva de 100 dias para as Olimpíadas no Japão, em 14 de abril de 2021
    © REUTERS / Issei Kato
    Em Tóquio, no Japão, cartões-postais da cidade são iluminados com as cores olímpicas para marcar o início da contagem regressiva de 100 dias para as Olimpíadas no Japão, em 14 de abril de 2021

    As empresas garantiram que as doses destinadas à doação não afetarão as já previstas em acordos de fornecimento a países de todo o mundo.

    O Japão está considerando estender o estado de emergência em Tóquio e em outras grandes áreas urbanas devido a uma nova onda de coronavírus, de acordo com a Reuters. Ainda existem preocupações sobre se as Olimpíadas devem de fato ocorrer conforme a programação anunciada.

    Tema:
    Mundo vs. pandemia do coronavírus no início de maio de 2021 (63)

    Mais:

    Vacina Sputnik Light de 1 dose com eficácia de 79,4% é registrada na Rússia
    Butantan culpa governo Bolsonaro por redução da previsão de insumos da China para vacinas
    BioNTech diz que patentes não são 'fator limitante' para produção de vacinas
    Tags:
    pandemia, novo coronavírus, COVID-19, Comitê Olímpico, Governo do Japão, Japão, Tóquio, Jogos Olímpicos, Olimpíadas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar