15:12 11 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo enfrenta pandemia no fim de abril de 2021 (77)
    0 00
    Nos siga no

    O progresso com a vacinação no Reino Unido deve limitar os danos de qualquer terceira onda de infecções por COVID-19, disse um dos principais médicos do país nesta quarta-feira (28).

    O vice-chefe médico do Reino Unido, Jonathan Van-Tam, disse que "o consenso da modelagem é claro de que teremos o que é chamado de terceira onda da doença", segundo noticiou a Reuters.

    "Pessoalmente, estou esperançoso de que, se o programa de vacinas continuar no ritmo e continuar a ter tanto sucesso como tem tido, a terceira onda, por assim dizer, pode ser apenas um terceiro surto e muito menos significativo, por causa da desconexão de casos com hospitalizações e mortes", disse o especialista em entrevista coletiva.

    "Mas acho que é inconcebível pensar que sairemos de um período de relativa calma sem mais solavancos no caminho, em termos de aumento da atividade entre agora e esta época do próximo ano", acrescentou Van-Tam.

    Ele disse que espera mais casos, provavelmente no outono ou inverno (Hemisfério Norte), mas seria difícil saber com certeza qual será o quadro de infecções no país.

    Tema:
    Mundo enfrenta pandemia no fim de abril de 2021 (77)

    Mais:

    Trem é 'engolido' por bola de fogo no Reino Unido (VÍDEO, FOTOS)
    Reino Unido no centro das atenções no maior julgamento sobre máfia da Itália em décadas, diz mídia
    Bloomberg: França adverte Reino Unido de consequências caso não cumpra com acordo pós-Brexit
    Tags:
    vacinação, vacina, COVID-19, pandemia, saúde, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar