06:43 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    7221
    Nos siga no

    A Alemanha apoia a decisão da República Tcheca de expulsar diplomatas russos e se colocou à disposição para prestar assistência à embaixada tcheca em Moscou, afirmou hoje (27) o ministro das Relações Exteriores Heiko Maas.

    "Sobre a situação das relações entre a República Tcheca e a Rússia, falei com o novo colega tcheco [Jakub Kulhanek] na semana passada, e deixei claro que somos muito solidários em nosso apoio à decisão feita em Praga", disse Maas, que acrescentou que o embaixador alemão em Moscou já estava trabalhando em propostas para oferecer assistência à missão tcheca na capital russa.

    Há alguns dias, Praga declarou 18 diplomatas russos personae non gratae, alegando que os mesmos eram agentes do serviço secreto russo, e os acusando de espionagem. Moscou, por sua vez, retaliou a decisão de Praga com a expulsão de 20 diplomatas tchecos. Em seguida, o episódio deu início a mais expulsões de ambas as partes.

    O primeiro-ministro da República Tcheca, Andrej Babis, explicou que a primeira expulsão dos 18 diplomatas russos estaria relacionada com seus supostos vínculos com a explosão de um paiol de munições em Vrbetice, no ano de 2014. Moscou, por outro lado, negou taxativamente todas as alegações.

    Mais:

    Alemanha quer compartilhar política de sanções com os EUA contra Rússia e China, diz ministro alemão
    Levamos em conta em nossas relações a ideia de 'ameaça russa' implantada na Alemanha, diz Moscou
    Alemanha critica restrições da Rússia no mar Negro: 'Inéditas e problemáticas'
    Tags:
    relações internacionais, diplomacia, República Tcheca, Rússia, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar