20:08 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Coronavírus no mundo no fim de outubro (54)
    353
    Nos siga no

    O médico Sir Patrick John Thompson Vallance, que esteve ao lado de Johnson no pronunciamento, enfatizou que se nada for feito, o pico vai acontecer em seis semanas, ou seja, em dezembro, durante o natal.

    O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou neste sábado (31) que o Reino Unido vai implantar a partir de quinta-feira (5) um novo lockdown.

    As novas medidas de isolamento foram confirmadas em uma rede social do primeiro-ministro. O novo lockdown, que também conta com medidas de restrição de viagens, se estende até o dia 2 de dezembro.

    ASSISTA AO VIVO: Uma atualização sobre coronavírus (31 de outubro de 2020).

    Estabelecimentos comerciais não essenciais ficarão fechados durante um mês, como lazer, entretenimento, além de bares e restaurantes (a exceção são os serviços de entrega de comida). Ao contrário do primeiro bloqueio, escolas e faculdades devem permanecer abertas

    A decisão de decretar o fechamento de lojas foi tomada depois de estudos sugerirem que o Reino Unido está a caminho de ter mais mortos na segunda onda da doença do que na primeira.

    "Nenhum premiê responsável ficaria sem agir", afirmou Johnson.

    No sábado, o Reino Unido registrou 21.915 novos casos confirmados de coronavírus, elevando o total para 1.011.660 desde o início da pandemia.

    "Temos que ser humildes frente à natureza, o vírus está se espalhando mais rapidamente do que os modelos previam. A falta de macas obrigará médicos e enfermeiras escolher entre pacientes com e sem COVID-19, se não agirmos", disse Boris Johnson.

    O Reino Unido é o nono país a atingir a marca de um milhão de casos - após os EUA, Índia, Brasil, Rússia, França, Espanha, Argentina e Colômbia.

    "Há avanço virtualmente em todo o país. Temos cerca de 50 mil novos casos por dia, e esse número está aumentando", afirmou Chris Whitty, chefe-médico do governo, também presente no pronunciamento.
    Mulher caminha com máscara para evitar contágio pelo coronavírus na cidade de Manchester, no Reino Unido
    © AP Photo / Peter Byrne
    Mulher caminha com máscara para evitar contágio pelo coronavírus na cidade de Manchester, no Reino Unido
    Tema:
    Coronavírus no mundo no fim de outubro (54)

    Mais:

    Documentado caso mais antigo de mutilação facial como castigo na Inglaterra anglo-saxã (FOTOS)
    História dos vikings na Inglaterra e Irlanda pode ter começado diferente do que se imaginava
    Ataque com faca deixa feridos na Inglaterra e é tratado como 'ato terrorista' pela polícia
    Taxa de contágio por coronavírus diminui na Inglaterra mesmo após fim do lockdown, diz estudo
    Tags:
    lockdown, Boris Johnson, Reino Unido, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar