16:06 20 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    5364
    Nos siga no

    O presidente da Bielorrússia chegou ao Palácio da Independência, no centro da capital, armado com um fuzil.

    Durante os protestos massivos da oposição em 23 de agosto, os manifestantes se dirigiram ao palácio, a residência oficial de Lukashenko, mas foram bloqueados por um cordão militar.

    Ao mesmo tempo, um helicóptero surgiu no céu sobre a residência. Nas redes sociais foram publicadas imagens mostrando Lukashenko saindo da aeronave, pousada no recinto no palácio.

    Lukashenko estava com um colete à prova de balas e um fuzil Kalashnikov na mão, sem munição. O presidente, rodeado de guardas e soldados, seguiu até a residência.

    Os opositores, que exigem novas eleições presidenciais, haviam chegado perto do palácio, horas antes, mas foram obrigados a recuar após serem bloqueados por policiais que cercavam o local.

    A UE anunciou que não reconhece as eleições presidenciais do dia 9 de agosto, que resultaram em grandes manifestações acompanhadas de repressão policial, resultando em ao menos mil pessoas detidas e três manifestantes mortos.

    Mais:

    União Europeia não reconhece resultados das eleições presidenciais na Bielorrússia
    Bielorrússia ordena reforço de tropas em flanco ocidental
    Oposição bielorrussa pede diálogo com governo para resolver crise no país
    Tags:
    protestos, eleição, Aleksandr Lukashenko, presidente, Bielorrússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar