07:15 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    134
    Nos siga no

    Leonardo Badalamenti, filho de um dos principais líderes da máfia italiana dos anos 1970, foi preso na Sicília por um mandado internacional de detenção do Brasil.

    Badalamenti, de 60 anos, era considerado fugitivo pelo Brasil desde 2017 e é procurado por acusações de tráfico de drogas e fraude bancária, alegadamente enquanto vivia com um nome falso, relata a agência Reuters.

    Nesta quarta-feira (5), o italiano foi preso na casa da mãe, na cidade costeira de Castellammare del Golfo, no sul da Itália, e levado para uma prisão em Palermo, onde aguardará o processo de extradição.

    O pai de Leonardo, Gaetano Badalamenti, foi líder de um grupo mafioso nos anos 1970, adquirindo fama por ordenar, em 1978, o assassinato de Peppino Impastato, jornalista que cobria atividades criminosas na época, na cidade de Cinisi, na Sicília.

    O irmão mais velho de Leonardo levou a família para o Brasil na década de 1980. Gaetano Badalamenti, todavia, foi condenado por tráfico de heroína nos EUA, em 1987, no chamado caso "Conexão Pizza", e morreu em uma prisão de Massachusetts, EUA, em 2005, com 80 anos.

    Mais:

    Corte inicia julgamento de extradição de Assange em meio a protestos
    PGR envia ao Itamaraty pedido de extradição de 5 militares venezuelanos
    Euro desnecessário? Máfia italiana continuaria usando lira como divisa paralela
    Tags:
    fugitivos, máfia, Sicília, Extradição, Brasil, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar