12:12 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    COVID-19 desafia mundo no início de junho (54)
    0 20
    Nos siga no

    Segundo informou a mídia alemã nesta terça-feira (9), o governo alemão planeja estender as restrições de viagens impostas aos seus cidadãos.

    As restrições às viagens a países de fora da União Europeia (UE) e da chamada zona de Schengen, deve ser mantida até o final de agosto pelo governo alemão. As medidas foram impostas na Alemanha para ajudar a conter a pandemia do novo coronavírus. 

    Segundo publicou o jornal alemão Spiegel citando fontes do governo, as viagens pela Europa, inclusive para o Reino Unido, serão retomadas em breve, uma vez que a maioria dos países europeus relatou um declínio nos casos de coronavírus.

    Em frente ao Reichstag, em Berlim, policiais com máscaras detém um manifestante que protestava contra as medidas de isolamento social na Alemanha durante a pandemia da COVID-19.
    © REUTERS / Fabrizio Bensch
    Em frente ao Reichstag, em Berlim, policiais com máscaras detém um manifestante que protestava contra as medidas de isolamento social na Alemanha durante a pandemia da COVID-19.

    O ministro do Interior, Horst Seehofer, disse anteriormente que os Estados membros da UE recomendariam que a Comissão Europeia reduzisse as viagens a países fora da organização até pelo menos 1º de agosto, e que retirasse as restrições para viagens internas a partir de 15 de junho.

    Segundo os dados do painel da Universidade Johns Hopkins, a Alemanha tem 186.506 casos da COVID-19 confirmados e 8.736 mortes causadas pela doença.

    Tema:
    COVID-19 desafia mundo no início de junho (54)

    Mais:

    Alemanha espera perdas de 100 bilhões de euros em impostos devido ao coronavírus
    Tags:
    União Europeia, Zona Schengen, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar