14:36 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)
    5144
    Nos siga no

    Boris Johnson declarou que seus médicos se prepararam para um cenário "estilo morte de Stalin", para anunciar sua hipotética morte quando ele estava hospitalizado por COVID-19.

    As revelações de Johnson foram feitas durante uma entrevista em que falou sobre os momentos difíceis durante a doença.

    Em entrevista ao tabloide The Sun, Johnson afirmou que "litros e mais litros" de oxigênio foram lhe dados enquanto estava no hospital São Thomas em abril.

    "Eu não estava em uma forma particularmente brilhante e tinha consciência de que havia planos de contingência [em caso de morte]. Os médicos tinham todos os tipos de arranjos sobre o que fazer se as coisas dessem erradas", afirmou o primeiro-ministro britânico.

    Enquanto os indicadores obtidos por amostras de sangue mostravam piora de seu estado de saúde, Johnson estava ciente da inexistência de meios que garantissem a cura da COVID-19.

    Além disso, seus médicos se preparavam para comunicar sua morte "estilo morte de Stalin", segundo ele.

    Ajuda dos enfermeiros

    Durante a entrevista, o líder britânico salientou a importância que a ajuda de seus enfermeiros teve para se recuperar da doença.

    "Isso [a cura] foi graças a alguns enfermeiros maravilhosos [...] Eles fizeram uma grande diferença", afirmou.

    Boris Johnson teve teste positivo da COVID-19 no dia 27 de março após apresentar sintomas leves da doença e realizar o teste no dia anterior.

    Com a piora do quadro clínico, ele foi transferido para uma unidade de terapia intensiva.

    Já em 25 de abril foi anunciada sua total recuperação e o seu retorno total às suas funções.

    Tema:
    Pandemia da COVID-19 e o mundo no início de maio (100)

    Mais:

    Reino Unido diz que isolamento está dando resultado e prorroga medida por mais 3 semanas
    Cientista do Reino Unido revela que pode ter vacina contra COVID-19 até setembro
    Postes da rede 5G estão sendo incendiados no Reino Unido por medo da COVID-19
    Tags:
    Reino Unido, novo coronavírus, pandemia, COVID-19, Boris Johnson, morte, enterro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar