23:02 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    O indivíduo acusado de realizar um ataque contra policiais nos arredores de Paris na última segunda-feira (27) jurou lealdade ao Daesh (grupo extremista proibido na França, na Rússia, no Brasil e em vários outros países).

    De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (28) pelo departamento antiterror da procuradoria francesa e reproduzidas pela Reuters, uma faca teria sido encontrada dentro do veículo do suspeito, junto com uma carta na qual ele declarava lealdade à organização terrorista

    Ontem, na comuna de Colombes, departamento de Hauts-de-Seine, um homem de 29 anos, de cidadania francesa, jogou seu carro contra dois policiais que estavam em suas motocicletas, em serviço. Os agentes foram hospitalizados, com ferimentos, e o suspeito foi detido. 

    Meus pensamentos acompanham nossos dois policiais feridos quando eles estavam trabalhando para nos proteger. Um tributo ao sangue frio dos policiais municipais que vieram os socorrer e prenderam o acusado. A investigação que está começando vai lançar luz sobre suas motivações.​

    Nesta manhã, o Ministério Público Nacional de Combate ao Terrorismo (PNAT) realizou um exame psiquiátrico no suposto autor do ataque e descartou a existência de problemas que possam ter afetado a sua capacidade de discernimento, considerando-o apto, portanto, a ser investigado sob acusações de tentativa de assassinato em relação com uma organização terrorista, informa o Le Parisien.

    Mais:

    Carro atropela manifestantes na França
    Detento radicalizado ataca guardas em prisão da França
    Ataque com faca deixa morto e feridos na França
    Tags:
    motociclista, moto, atropelamento, faca, Daesh, terrorista, terrorismo, carro, policiais, ataque, Paris, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar