03:27 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)
    510
    Nos siga no

    O número de casos da COVID-19 já ultrapassa 1,5 milhão em todo o mundo, segundo dados da Universidade Johns Hopkins, mostrando a força da doença, registrada pela primeira vez em Wuhan, na China, e que começou a se espalhar rapidamente pelo mundo em fevereiro.

    Cerca de 500 mil casos foram adicionados ao número total em apenas uma semana, distribuídos por 192 países e territórios, e com um total de 87.320 mortes, de acordo com a contagem da universidade.

    O epicentro da pandemia mudou para os EUA nas últimas semanas, onde mais de 432 mil deram positivo para a COVID-19 e mais de 14 mil morreram. O governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, ordenou que as bandeiras fossem hasteadas a meio mastro, depois que 779 novas mortes foram relatadas na quarta-feira.

    Espanha, Itália, França e Alemanha continuam sendo os países mais atingidos da Europa, cada um com mais de 80 mil casos confirmados. Nações como a Espanha e a Alemanha tiveram uma ligeira queda no número diário de novos casos relatados no início deste mês. No entanto, esses números começaram recentemente a aumentar novamente.

    Enquanto isso, a China parece ter nivelado a curva na taxa de infecção, pois o número de casos recém-registrados caiu drasticamente. No geral, 81.865 pessoas testaram positivo para a COVID-19 na China na quarta-feira, enquanto a maioria dos novos casos é de pessoas que retornam de viagens ao exterior, dizem autoridades de saúde.

    Como um sinal de que a situação está melhorando, a quarentena de meses foi levantada em Wuhan no início desta semana.

    No Brasil, já foram registradas 15.927 pessoas infectadas, com 800 mortes. O país é o 14º no mundo com mais casos do novo coronavírus e o com mais registros na América Latina.

    Tema:
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)

    Mais:

    Chefe da OMS foi alvo de ameaças racistas e de morte por resposta à COVID-19
    Grande desafio para o Brasil é conter a COVID-19 junto com outras 2 epidemias, diz sanitarista
    EUA são contra: Irã pede que FMI conceda empréstimo de US$ 5 bi para combater a COVID-19
    Tags:
    Brasil, saúde, vírus, novo coronavírus, COVID-19, Espanha, Europa, Itália, Alemanha, Nova York, Estados Unidos, Wuhan, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar