15:52 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)
    190
    Nos siga no

    O novo coronavírus não tem uma camada de proteção tão densa como o HIV, o que indica que não é tão difícil de combater pelo sistema imunológico, segundo uma pesquisa.

    O SARS-CoV-2, vírus que provoca a COVID-19, usa glucanos, ou açúcares, para se infiltrar nas células do corpo humano e assim enganar o sistema imunológico, segundo Max Crispin, professor na Universidade de Southampton, Reino Unido, e autor principal de um estudo divulgado na quarta-feira (8) no bioRxiv, repositório online de estudos.

    Segundo a publicação, o novo coronavírus não está tão bem protegido como alguns outros vírus, que têm como característica serem "lobos com pele de cordeiro". Por exemplo, o HIV usa uma camada glicêmica "realmente densa" como escudo contra o sistema imunológico.

    "[...] No caso do coronavírus, a menor blindagem de açúcares de que dispõe pode significar que se trata de um vírus de 'atropelamento e fuga', passando de uma pessoa para outra. Por isso, a menor densidade de glucanos significa que existe menos dificuldade para o sistema imunológico neutralizar o vírus com anticorpos", diz Crispin.

    Mapeamento da estrutura dos glucanos S do SARS-CoV-2 conectados com os N
    Mapeamento da estrutura dos glucanos do coronavírus

    A menor presença de oligomanose (tipo de glucano) nas células do novo coronavírus ajuda o corpo em combater a infeção.

    "Esta é, portanto, uma mensagem muito encorajadora para o desenvolvimento de vacinas [para a doença]", conclui o autor.

    O surto do novo coronavírus foi declarado como pandemia pela Organização Mundial da Saúde em 11 de março, e já infetou cerca de 1,5 milhão de pessoas por todo o mundo. Houve até agora 89.435 mortes e 336.780 recuperações, de acordo com a Universidade Johns Hopkins norte-americana.

    Tema:
    Mundo lidando com COVID-19 no início de abril de 2020 (153)

    Mais:

    Cientistas da Argentina sequenciam genoma completo do SARS-CoV-2
    Saiba quais animais de estimação são mais suscetíveis ao coronavírus
    Descoberta maneira incomum de aliviar quadro de pacientes graves com COVID-19
    Tags:
    Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar