16:52 24 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    599
    Nos siga no

    O Partido Conservador, do atual primeiro-ministro Boris Johnson, venceu as eleições do Parlamento do Reino Unido nesta quinta-feira (12), segundo pesquisa de boca de urna.

    O resultado pode abrir caminho para o premiê conseguir realizar o Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia, na data programada de 31 de de janeiro de 2020 — cerca de 10 meses depois do primeiro prazo definido para o divórcio.   

    A previsão é que o Partido Conservador obtenha 368 das 650 cadeiras do Parlamento. O segundo colocado na eleição foi o partido Trabalhista de Jeremy Corbyn, com 191 cadeiras. Já o Partido Nacional Escocês deverá conseguir 55 assentos e os Democratas Liberais, 13 cadeiras. 

    Os resultados finais deverão ser divulgados nas primeiras horas da sexta-feira (13), no horário de Brasília.

    De acordo com a agência de notícias Reuters, em apenas uma das últimas cinco eleições a pesquisa de boca de urna falhou em prever corretamente o resultado do pleito. Foi em 2015, quando o Partido Conservador conseguiu 14 cadeiras a mais do que o previsto. 

    O hoje premiê Johnson foi um dos líderes do movimento em defesa do Brexit quando do referendo que decidiu pela saída do Reino Unido do bloco europeu, em 2016, e convocou as eleições antecipadas para superar o que descreveu como a paralisia política de mais de três anos que ronda a separação entre Bruxelas e Londres.

    Mais:

    Câmara dos Comuns decide adiar votação sobre acordo do Brexit de Boris Johnson
    Premiê britânico confirma que pedirá prorrogação do Brexit
    União Europeia aprova adiamento do Brexit até 31 de janeiro de 2020
    Brexit no limbo: Parlamento rejeita cronograma proposto por Johnson
    Tags:
    Boris Johnson, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar