18:41 16 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Terroristas do Daesh em Tel Abyad, nordeste da Síria (foto de arquivo)

    França rejeita pedido de repatriação de jihadistas presos na Síria

    © AP Photo / Site militar
    Europa
    URL curta
    460
    Nos siga no

    Em janeiro, o Ministério das Relações Exteriores da França confirmou que 130 cidadãos franceses, que faziam parte do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em uma série de países), esperam ser liberados da prisão na Síria repatriados na França.

    A Suprema Corte da França rejeitou o pedidos dos jihadistas franceses residentes na Síria de repatriá-los ao país de origem.

    O tribunal insistiu que um juiz não poderia decidir sobre a questão porque estipula negociações com autoridades estrangeiras.

    "O Conselho de Estado rejeita os pedidos de repatriação feitos por cidadãos franceses e por seus filhos, atualmente na Síria", disse a corte em um comunicado divulgado nesta terça-feira.

    O anúncio surge após a França ter demonstrado indisposição para aderir ao pedido do presidente norte-americano Donald Trump para os aliados dos EUA repatriarem centenas de militantes do Daesh da Síria.

    Mais:

    Trump promete que EUA lutarão contra Daesh 'sempre que o grupo operar'
    Trump: último reduto do Daesh na Síria será liberado 'hoje à noite'
    Trump apela a países europeus para 'tomarem de volta mais de 800 combatentes do Daesh'
    Hezbollah diz que Trump é 'hipócrita' sobre papel dos EUA na luta contra o Daesh
    Tags:
    repatriação, jihadistas, terrorismo, Estado Islâmico, Daesh, Síria, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar