15:38 12 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido, durante encontro da União Europeia em Bruxelas (arquivo)

    Mídia: Theresa May se prepara para 'ultimato' ao Brexit na próxima semana

    © REUTERS / Francois Lenoir
    Europa
    URL curta
    212

    A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, deve apresentar ao seu gabinete um ultimato do Brexit na terça-feira, dando aos ministros a opção de apoiar o acordo ou de se demitir, informou a BBC Radio 5, citando uma fonte política.

    "Uma fonte do gabinete me disse ontem: 'Acho que na próxima terça-feira Theresa May vai tentar convencer todo mundo a fazer um acordo", disse a jornalista Laura Kuenssberg na sexta-feira.

    Os ministros ainda não teriam discutido o próximo passo caso a União Europeia não esteja preparada para oferecer a eles um melhor acordo de saída. Parlamentares provavelmente votarão em um eventual acordo Brexit no final de dezembro, potencialmente na véspera de Natal.

    No início deste ano, após a reunião em Chequers, Boris Johnson e David Davis demitiram-se do gabinete em desacordo com a estratégia de May, insistindo que ela estava disposta a ceder muito para Bruxelas. As negociações continuam em um impasse sobre a fronteira na Irlanda do Norte. Um Brexit sem acordo é até agora o cenário mais provável, levando a UE e a Grã-Bretanha a intensificar seus preparativos para tal eventualidade.

    Enquanto isso, ativista pró-UE ainda pedem que os britânicos tenham a palavra final sobre a adesão do Reino Unido ao bloco, dando ao eleitorado a oportunidade de decidir novamente sobre o Brexit.

    Cerca de 700 mil manifestantes compareceram a protestos no centro de Londres no mês passado, buscando pressionar o governo britânico a realizar uma nova votação. O governo até agora ignorou esses pedidos, insistindo que os britânicos já tiveram a oportunidade de escolher por meio do referendo de 2016, em que votaram a favor da saída do bloco.

    Tags:
    Brexit, União Europeia, David Davis, Boris Johnson, Laura Kuenssberg, Irlanda do Norte, Reino Unido, Londres, Grã-Bretanha, Bruxelas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik