05:09 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Turkey's President Recep Tayyip Erdogan speaks during an Iftar, the evening meal breaking the Ramadan fast, at his palace in Ankara, Turkey, Saturday, May 19, 2018

    Erdogan vai viajar para a Alemanha e inaugurar a 'maior mesquita da Europa'

    © AP Photo / Presidential Press Service/Pool
    Europa
    URL curta
    656

    O presidente Recep Tayyip Erdogan vai inaugurar oficialmente a mesquita central da União Turca-Islâmica da Alemanha para Assuntos Religiosos (DITIB) no dia 29 de setembro, durante uma visita de estado. A organização anunciou que recebeu hoje a confirmação de que o presidente turco participará da cerimônia .

    A união também afirmou que o primeiro-ministro da Renânia do Norte-Vestfália, Armin Laschet, da União Democrata Cristã (CDU) de Merkel, deve participar da cerimônia de abertura com Erdogan, embora a informação tenha sido negada pela equipe do político

    O DITIB, que administra mais de 900 mesquitas no país, é formalmente uma associação alemã independente. Contudo, os seus imãs são frequentemente enviados pela Direção de Assuntos Religiosos Diyanet, que reporta ao governo turco. Alguns deles até são acusados ​​de espionar os oponentes de Erdogan na Alemanha.

    A mesquita em questão está localizada no bairro predominantemente turco de Colônia, Ehrenfeld, e terá capacidade para 1.100 pessoas. Será a maior mesquita da Europa em operação.

    De acordo com a imprensa alemã, durante a viagem Erdogan também pretende se encontrar com a chanceler alemã Angela Merkel duas vezes. Ele vai comparecer a um banquete de Estado e conversar com o presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier. Estes planos provocaram críticas entre políticos e jornalistas alemães, já que a visita acontece após a prisão do jornalista do Die Welt Deniz Yücel, sob acusação de terrorismo.

    Tags:
    Direção de Assuntos Religiosos Diyanet, União Democrata Cristã, União Turca-Islâmica da Alemanha para Assuntos Religiosos (DITIB), Die Welt, Recep Tayyip Erdogan, Angela Merkel, Frank-Walter Steinmeier, Deniz Yücel, Colônia, Turquia, Alemanha, Renânia do Norte-Vestfália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik