04:07 16 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    311
    Nos siga no

    O Partido Trabalhista do Reino Unido não está convocando um 2º referendo de Brexit, segundo afirma a liderança da organização.

    O líder do Partido Trabalhista do Reino Unido, Jeremy Corbyn, disse no domingo que seu partido não quer a realização de outro referendo sobre a saída da União Europeia no momento, mas apoia "um voto significativo" no Parlamento do Reino Unido.

    "Nós não apoiamos, nem estamos convocando um segundo referendo. O que pedimos é um voto significativo no Parlamento", disse Corbyn, citado pelo canal de televisão ITV.

    Perguntado se ele poderia apoiar um novo referendo no futuro, Corbyn despistou, reiterando que o partido não está "convocando um referendo" no momento.

    O Reino Unido realizou o referendo Brexit em 2016. Quase 52% dos britânicos apoiaram a decisão de deixar o bloco europeu de 28 países. No entanto, os adversários do Brexit solicitaram repetidamente o cancelamento dos resultados do referendo.

    Em dezembro, o líder adjunto do Partido Trabalhista, Tom Watson, disse que não se pode descartar nada sobre a possibilidade do segundo referendo sobre a questão.

    Na semana passado, quem também apoiou publicamente a realização de um segundo referendo foi Nigel Farage, ex-líder do partido britânico Ukip.

    Mais:

    Secretário britânico diz que povo vai poder dizer o que achou do Brexit em eleição de 2022
    Efeito do Brexit: Reino Unido perde posição no ranking de maiores economias mundiais
    Parlamento britânico terá a palavra final sobre acordo do Brexit
    Pontualidade britânica: Londres estabelece horário exato para o Brexit
    Tags:
    Brexit, Tom Watson, Nigel Farage, Jeremy Corbyn, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar