17:26 15 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Destróier USS Donald Cook da OTAN chega à estação naval de Rota, na Espanha (em 11 de fevereiro de 2014)

    Em carta à OTAN, Espanha afirma que aumentará gastos militares em 80%

    © AP Photo / Alfonso Perez
    Europa
    URL curta
    422

    As autoridades espanholas prometeram aumentar os gastos militares do país em 80% até 2024, como parte do compromisso de Madri de cumprir as diretrizes estabelecidas pela OTAN, assumidas na cúpula de Gales de 2014, informou a mídia local nesta quarta-feira (27).

    Em uma carta dirigida ao secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, o governo espanhol apresentou seu plano para aumentar os gastos militares do país em até 18 bilhões de euros nos próximos 7 anos, informou o jornal El Pais. No entanto, o indíce ainda não alcança os 2% do PIB do país, confrme o mínimo estabelecido pela OTAN.

    A Espanha atualmente gasta 0,92% de seu PIB em defesa, de acordo com o jornal.

    Segundo a Declaração da Cúpula da Gales de 2014 da OTAN, os estados membros da aliança devem ter como objetivo atingir 2% do PIB em financiamento da organização em até 1 década.

    De acordo com o relatório da OTAN sobre as despesas de defesa, publicado em 29 de junho, dos 29 membros da OTAN, 6 estão cumprindo o objetivo de 2% do PIB:  Estônia, Grécia, a Polônia, a Romênia, o Reino Unido e os Estados Unidos. 

    A contribuição dos Estados Unidos é a maior, totalizando 3,36% do PIB.

    Mais:

    Fogo mortal: por que os tanques da OTAN devem ter medo de mísseis russos
    Chefe da OTAN reconhece que capacidades navais do bloco são inferiores às da Rússia
    Por que os submarinos da Rússia estão deixando a OTAN muito preocupada?
    Número de tropas da OTAN perto das fronteiras russas quadruplicou desde 2012
    Tags:
    militar, OTAN, Jens Stoltenberg, Madri, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik