01:57 16 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira da Alemanha

    Opinião: 'Sanções europeias contra a Rússia custam milhares de empregos à Alemanha'

    © AP Photo / Gero Breloer
    Europa
    URL curta
    1252

    Markus Frohnmaier, que lidera o Alternativa para a Alemanha (AfD na sigla original), disse que as sanções contra a Rússia afetaram consideravelmente a prosperidade econômica do seu país e feriram ambas as nações.

    As declarações foram concedidas por Frohnmaier ao jornal russo Izvestiya.

    "As empresas alemãs estimam que a Alemanha perdeu mais de 42 mil empregos, enquanto algumas empresas faliram", afirmou o político, conforme citado pelo Izvestiya.

    O parlamentar disse que o AfD, que se tornou o terceiro partido mais forte na Alemanha após as eleições gerais de 24 de setembro, procuraria eliminar as restrições à Rússia.

    Além disso, a renomada política alemã Sahra Wagenknecht disse anteriormente que as ondas de restrições políticas e comerciais contra a Rússia prejudicaram principalmente a economia europeia, não tendo resolvido nenhuma das questões internacionais importantes.

    Michael Harms, presidente da Câmara de Comércio russo-alemã, também se manifestou sobre o assunto avaliando que a economia alemã sofre bilhões de perdas em euros anualmente devido à política anti-russa em curso.

    A União Europeia impôs sanções à Rússia após o início da crise da Ucrânia e a decisão da Crimeia de se juntar à Rússia em 2014. 

    Mais:

    Enviado da UE: União Europeia está interessada na retirada das sanções contra Rússia
    Rússia não introduzirá mais sanções contra União Europeia
    Sanções contra a Rússia podem custar 100 bi de euros aos cofres da União Europeia
    Medvedev cita "responsabilidade coletiva" da União Europeia nas sanções contra a Rússia
    Tags:
    Câmara de Comércio russo-alemã, Izvestiya, AfD, Markus Frohnmaier, Michael Harms, Sahra Wagenknecht, Crimeia, Alemanha, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik