18:49 03 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    160
    Nos siga no

    As armas roubadas da base militar de Tancos em Portugal no fim de junho foram recuperadas, informou a RTP.

    Segundo a Rádio e Televisão Portuguesa (RTP), o material foi encontrado na região da Chamusca, na madrugada do dia 17 de outubro, depois de denúncia anônima. Foram recuperadas armas de guerra, granadas e explosivos. A Polícia Judiciária Militar (PJM) só não terá conseguido interceptar as munições.

    A PJM realizou a operação em colaboração com o núcleo de Investigação Criminal da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Loulé.

    A Polícia Judiciária Militar confirmou a apreensão, mas não revelou a quantidade das armas recuperadas. 

    "O material recuperado já se encontra nos Paióis de Santa Margarida, à guarda do Exército, onde está a ser realizada a peritagem para identificação mais detalhada", informou o comunicado da PJM.

    Em 27 de junho deste ano, foi roubado um caminhão com armas dos Paióis Nacionais de Tancos. Desapareceram armas antitanque, explosivos plásticos, granadas de mão e outras munições.

    Foram instaurados inquéritos ao funcionamento do sistema de videovigilância, à gestão de cargas e à intrusão nas instalações.

    Os paióis nacionais de Tancos foram encerrados. O Exército decidiu concentrar o material nas instalações de Santa Margarida, admitindo guardar algum material nos armazéns militares dos outros ramos, se for necessário.

    Tags:
    armazém, base militar, roubo, Portugal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar