16:58 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras dos EUA e da OTAN na base aérea militar em Siauliai, Lituânia, 27 de abril de 2017

    Mídia: OTAN elabora 39 métodos para conter a Rússia

    © REUTERS/ Ints Kalnins
    Europa
    URL curta
    122136614

    A OTAN enviou aos seus países-membros um documento confidencial que contém as versões para reação em caso de violação pela Rússia do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF em inglês), comunica o Sueddeutsche Zeitung citando uma fonte.

    De acordo com a informação do Sueddeutsche Zeitung, no documento batizado de "O que seria se…" são enumerados os 39 métodos possíveis para contenção da Rússia.

    Entre eles está uma estratégia de contenção nuclear mais intensiva, a instalação de novos sistemas de detecção precoce e o reforço da defesa antissubmarino.

    Além disso, o documento propõe a utilização mais ativa dos aviões B-2 e B-52 na Europa, bem como o reforço da prontidão operacional dos bombardeiros capazes de transportar munições nucleares.

    De acordo com a edição, os autores do documento apelam ao início de negociações com a Rússia. Eles também se manifestam contra a anulação do Tratado INF e a criação de seus próprios mísseis de médio e pequeno alcance pelos EUA.

    Entretanto, de acordo com a edição, as novas sanções contra a Rússia devido ao Tratado INF são desaconselhadas.

    O Tratado INF não permite às partes que possuam mísseis balísticos terrestres e mísseis de cruzeiro com alcance operacional de 500 até 5,5 mil quilômetros. Moscou e Washington trocam periodicamente acusações de violação deste Tratado, assinado ainda em 1987.

    Mais:

    Conflitos provocados entre Rússia e OTAN existem, mas 'ninguém quer um apocalipse nuclear'
    China mostra que 'apoia Rússia na sua oposição à OTAN'
    Tags:
    tensões, contenção, defesa, documento, estratégia, Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário, OTAN, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik