17:57 13 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Atentado em Manchester (20)
    312
    Nos siga no

    “De Manchester com amor”. Assim pode ser traduzida a mensagem que um piloto da Força Aérea Real do Reino Unido (RAF) decidiu escrever em uma das bombas a serem usadas em bombardeios contra os terroristas do Daesh no Oriente Médio.

    Feita na base aérea britânica de Akrotiri, no Chipre, a imagem viralizou nas redes sociais, na semana em que a cidade inglesa foi alvo de um atentado terrorista que deixou 22 mortos e mais de 100 feridos, durante o show da cantora norte-americana Ariana Grande.

    O Daesh assumiu a autoria pelo ataque com um homem-bomba.

    A bomba do modelo Paveway IV carregando a mensagem chamou a atenção, mas a veracidade da imagem chegou a ser questionada, de acordo com o jornal britânico The Telegraph. Contudo, um porta-voz da RAF confirmou a veracidade da foto.

    “O sentimento que inspira a mensagem é compreensível, e escritos como esses já foram feitos anteriormente dentro da Força Aérea” declarou o militar, que negou a possibilidade de punição ao autor da mensagem.

    Até o momento pelo menos 10 pessoas já foram presas por suposto envolvimento do atentado, perpetrado por Salman Abedi, de 22 anos, segundo a polícia britânica. Dois irmãos de Abedi e o pai deles estão entre os detidos.

    Tema:
    Atentado em Manchester (20)

    Mais:

    Polícia britânica prende 10º suposto cúmplice de atentado em Manchester
    Serviços Secretos do Reino Unido conheciam atacante de Manchester
    Terrorista que provocou atentado de Manchester tinha ligações com Al-Qaeda
    Tags:
    paveway iv, guerra, atentado, atentado suicida, terrorismo, Daesh, RAF, Salman Abedi, Manchester, Reino Unido, Grã-Bretanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar