04:46 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    O governo da primeira-ministra britânica, Theresa May, está enganando o povo britânico quanto ao futuro do país no pós-Brexit, oferecendo-lhes uma visão mais otimista do que a realidade, disse John Major, que atuou no mesmo cargo entre 1990 e 1997.

    Major acrescentou que a Grã-Bretanha poderia crescer "muito mais dependente" dos Estados Unidos depois de sair da União Europeia.

    "Tenho observado com crescente preocupação como o povo britânico tem sido levado a esperar um futuro que parece ser irreal e excessivamente otimista… Os obstáculos são ignorados sem suas consequência, enquanto as oportunidades são infladas para além de qualquer expectativa razoável de entrega", disse ele, citado pela emissora BBC.

    Em 8 de fevereiro, uma pesquisa YouGov mostrou que mais de 30 por cento dos cidadãos do Reino Unido atribuiu mais importância ao papel do Reino Unido nas relações com a União Europeia, em comparação com a importância da UE para o seu Estado. Segundo a mesma pesquisa, a maioria dos britânicos, ou 51%, espera que o Reino Unido e a União Europeia sejam parceiros iguais durante as negociações sobre os termos da Brexit.

    A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, deverá ativar em breve o Artigo 50 do Tratado de Lisboa, iniciando assim as negociações sobre a saída da União Européia em março.

    Mais:

    Merkel pede união a membros da UE ao negociar Brexit
    Partidários do Brexit cobram do parlamento britânico agilidade no processo de saída da UE
    Aliança antirrussa? Polônia e Reino Unido estreitam laços no contexto de eventual Brexit
    Tags:
    Tratado de Lisboa, Brexit, BBC, União Europeia, YouGov, John Major, Theresa May, Estados Unidos, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar